Os benefícios do Coaching na transformação de empresas

No processo de Coaching há uma relação colaborativa e igualitária entre o coachee (cliente) e coach (treinador/ instrutor). No início, antes de começar a ser elaborado o plano de como alcançar os objetivos do coachee, o coach faz um levantamento detalhado de seu cliente, a fim de planejar como e quanto tempo será preciso para sua conclusão.

Há todo um aparato tecnológico e metodológico utilizado pelo instrutor para auxiliar seu cliente, muito direcionadas para o aspecto comportamental que auxiliam nas mudanças necessárias para que o resultado seja positivo. Consequentemente, muitas metas podem ser alcançadas através do Coaching, tais como:

• Melhoria no desempenho;

• Maior satisfação;

• Maior confiança;

• Melhorias organizacionais.

Níveis de profundidade do coaching

O tema é amplo e complexo. Ao tratar dos processos de Coaching há diversos níveis de profundidade que devem ser mencionados. Por exemplo, alguns destes níveis podem ser direcionados para a melhoria no desempenho do coachee.

Outros níveis estão centralizados em questões mais práticas, ou até mesmo específicas, ou objetivas seja relacionado ao trabalho ou à vida pessoal. Tudo varia, de acordo com as necessidades do cliente.

Em muitas situações a psicologia é amplamente trabalhada, a fim de trabalhar melhor com a mente do coachee, onde se concentra a maior barreira para se alcançar o objetivo pretendido. Outrossim, sua definição é ligada à promoção da melhoria de desempenho e fortalecimento da ação eficaz.

Empresas como coachee (cliente)

O Coaching não se limita apenas a tratar de clientes individualmente. O conceito abarca mais do que uma pessoa, podendo até mesmo ser uma empresa, ou diversas afiliadas de uma matriz empresarial, sendo até mesmo a própria matriz.

Para tal contexto a finalidade está principalmente em promover a melhoria no desempenho no trabalho, no qual estão envolvidos diversos funcionários, dos mais variados níveis profissionais. Além disso, no Coaching há todo um processo que visa ao desenvolvimento e à aprendizagem.

Estratégias de coaching na empresa

Ao elaborar estratégias de Coaching nas empresas, há alguns fatores que devem ser devidamente considerados, tais como:

• Fatores antecedentes;

• Resultados alcançados.

No que se refere aos fatores antecedentes, considera-se principalmente as características do treinador (coach) e da empresa (coachee), a fim de alinhavar toda a dinâmica de que será tratada durante o processo de coaching.

Já para os resultados alcançados existem dois pontos a serem considerados: o resultado proximal e o resultado distal.

Como resultado proximal, entende-se o autoconhecimento, as mudanças comportamentais que foram realizadas durante o processo e o que foi aprendido no fim da etapa de conclusão do Coaching.

Para o resultado distal, considera-se o resultado organizacional e individual, envolvendo os integrantes da empresa.

Contudo, a abordagem o coaching não se limita apenas aos processos acima citados. Outros também fazem parte de sua composição, entre eles:

• Psicodinâmica;

• Comportamental;

• Programação neurolinguística;

• Centrada na pessoa.

O Coaching psicodinâmico possui suas bases na psicanálise. Sendo assim, a atuação ocorre através do inconsciente do coachee. Por outro lado, o Coaching comportamental trabalha com os princípios da terapia comportamental, enquanto que o neurolinguístico atua em processos e técnicas próprias da ciência neurolinguística. E, por fim, o Coaching centrado na pessoa, atua diretamente com a psicoterapia individual.

 

Quer saber mais sobre como o Coaching pode transformar a sua empresa? Vamos conversar. Mande um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..